Será que você tem a Síndrome de Burnout?

Sua rotina tem mais custos do que benefícios?

Mesmo de férias, se sente cansado e desmotivado?

Você tem pouco controle sobre o ritmo e o cronograma do seu trabalho?

Sente-se sobrecarregado mesmo quando não está trabalhando?

Tem faltado ao trabalho porque se sente doente?

Considera seu desempenho profissional insatisfatório?

Tem se isolado de seus amigos e familiares?

Executa tarefas incompatíveis com seus valores?

É responsável por projetos sem ter recursos para executá-los?

Usa medicamentos e/ou bebidas alcoólicas para relaxar?

Sua vida sexual se tornou mais uma tarefa a cumprir?

Sente que está em um beco sem saída?

Parabéns

Parabéns

Você é do tipo que sabe delegar responsabilidades, estabelecer metas realistas e recusar exigências absurdas. Continue assim. Sua saúde mental agradece.

Atenção!

Atenção!

O burnout está virando a esquina. Que tal reavaliar suas expectativas? Se o custo é mais alto que o benefício, o esgotamento é uma questão de tempo

Cuidado!

Cuidado!

Você está a um passo do burnout. Procure conversar a respeito com colegas ou familiares. Se o estresse ocupacional chegou a níveis intensos, não postergue uma visita ao médico

Será que você tem a Síndrome de Burnout?